Tai Chi Chuan

Q que é Tai Chi Chuan

É uma arte marcial

Uma ginástica chinesa? 

Uma dança? 

Uma forma de meditação?

Yin e Yang na filosofia do Tai Chi Chuan 


     O tradicional símbolo do Yin e Yang costuma estar presente durante a prática do Tai Chi Chuan. Ele significa o equilíbrio, sem o qual não conseguiremos manter nosso corpo e mente saudáveis.


     O inspirar e o expirar enquanto se faz cada movimento, a entrada e saída de ar, enfim, sempre os opostos se alternando. Quando um está em ação, o outro está inativo, e assim indefinidamente, em tudo que nos acontece. Vivemos a noite e o dia, o inverno e o verão, sorrimos e choramos. Estamos constantemente vivendo as polaridades.


     Os movimentos mais lentos são ligados à nossa energia Yin, enquanto os mais rápidos ativarão a energia Yang.    

   


  A energia Yin é feminina, 
mais passiva, 
noturna, 
fria,
representada pelo
 lado escuro do símbolo. 

A energia Yang é masculina,
mais ativa, 
diurna e
 quente.
É o lado claro do gráfico.

Filosofia do Tai Chi Chuan


          Os movimentos do Tai Chi Chuan estão sempre ligados à natureza, inclusive, através de seus nomes, que exaltam a força do cavalo, a coragem do tigre, a leveza das nuvens, a delicadeza dos pássaros, e etc. Porque não poderemos estar em harmonia interior, se não houver também a harmonia com o mundo exterior, e tudo que dele faz parte.


          Algumas condições básicas são necessárias à prática correta do Tai Chi Chuan. São elas: o controle mental, físico e respiratório. Além disso, outras atitudes importantes fazem parte da prática correta:


       

  * A atitude do praticante, durante os exercícios, deverá ser de respeito a si mesmo, e ao mundo que o cerca.


  •          * O corpo deverá estar descontraído, relaxado e solto, o tronco ereto, os movimentos deverão ser leves, mas, sem perder a firmeza e segurança das posturas.

  •          * A atitude mental não permite desatenção, devendo manter-se o tempo todo em alerta, mas, ao mesmo tempo, tranquilo e sereno. Essa tranquilidade deverá transparecer nos movimentos.

  •          * Coordenação perfeita durante os movimentos, onde tronco, pernas, braços, mãos, pés, pescoço e cabeça funcionam como um todo, não havendo possibilidade de fixar a atenção apenas em parte do corpo, mas, no todo.


TAI CHI CHUAN E ARTES MARCIAIS

Quando nos deparamos com a suavidade e delicadeza dos movimentos do Tai Chi Chuan, logo imaginamos que se trata de uma coreografia, mas, não é bem assim. Os movimentos leves, lentos, metódicos e cadenciados, na realidade representam os passos de uma arte marcial. Estamos falando de uma luta, mas, em câmera lenta.

Os gestuais de mãos, braços, pernas e pés são, na realidade, golpes de ataque e movimentos de defesa, que, se executados em velocidade normal, nos dariam a verdadeira noção de uma luta.


Tai Chi Chuan e Fluxo Energético

        Durante a prática do Tai Chi Chuan, os principais meridianos do corpo, os mesmos da acupuntura, são estimulados, permitindo que se desbloqueiem, dessa forma, a energia vital poderá fluir mais livremente, chegando sem impedimentos a todas as partes do corpo.

    Tai Chi Chuan e Meditação

Sempre que se fala em meditação, se imagina alguém sentado numa sala, em posição de Lótus, com os olhos fechados e um incenso ao lado. 

    A ideia de que se possa fazer meditação enquanto nos movimentamos poderá nos parecer um tanto estranha, mas, é impossível praticar Tai Chi Chuan sem concentração. 

É fundamental que se mantenha o foco em cada um dos movimentos, que são sequenciais, para executá-los. 

Para isso, é necessário se esvaziar a mente, se desligar dos problemas, se conectar a si mesmo, buscando tranquilidade e paz interior para iniciar a prática.




      Já experimentou na prática ou pensa em experimentar?

Gostaria de conhecer?

Estilos do Tai Chi Chuan

     Os movimentos foram criados há centenas de anos por famílias chinesas, ensinados e transmitidos de pai para filho. Um dos estilos mais praticados é o da Família Yang, cuja prática completa engloba 108 movimentos.

     É possível iniciar o aprendizado do estilo Yang com 13 movimentos, a seguir, poderá se aumentar para 24 movimentos. Quando já houver o domínio de algumas formas, se passa para 49 movimentos, onde outras posições serão incorporadas. Quando o praticante já estiver dominando essa forma, poderá se iniciar os 108 movimentos.

     Essa é a fase completa, que costuma levar, em média 45 minutos, do começo ao fim da apresentação.


Você já conhecia os movimentos do Tai Chi Chuan? 


     É impossível executar os 103 movimentos sem foco e determinação. Nada poderá distrair o praticante, pois, a desconcentração impede o desenvolvimento correto da prática.

    Por esse motivo, o Tai Chi Chuan é meditação em movimento. Ao encerrar, o praticante se sente mais leve, mais tranquilo, menos ansioso.
     Participe de 
uma aula experimental
 e descubra uma atividade que 
pode mudar sua forma 
de viver a vida!

para Homens e Mulheres 
dos 15 aos 120 anos!

Informe-se p/ menores de 15 anos!